O aumento da produção de materiais didáticos em formato digital configura a necessidade de disponibilizar sistemas de catalogação para facilitar mecanismos de busca e recuperação dos materiais gerados. Em contextos de educação a distância, principalmente quando se trabalha com o conceito de objetos de aprendizagem, este problema pode adquirir maiores proporções, no sentido de que um mesmo material pode se decompor em várias partes, cada uma delas devendo ser indexada e ainda demonstrar as conexões inicialmente determinadas. Frente a isto, este trabalho experimenta configurar uma metodologia para a identificação de uma taxonomia que abarque um conhecimento especìfico, capaz de descrever e conectar objetos de aprendizagem, em diferentes níveis de granularidade e advindos de diversas abordagens. A metodologia se apóia em análises de materiais didáticos, que tratem de temas convergentes, a partir da abordagem de estruturas de saber. Através de mapas conceituais são explicitadas as estruturas de cada material, destacando-se palavras chaves capazes de delimitar uma taxonomia que no conjunto dos materiais pode ser ampliada e representar uma ampla estrutura capaz de responder às questões especìficas do saber tratado. Os resultados, ainda que parciais, delimitam uma rede conceitual que expressa tais materiais, e as suas interconexões, visando facilitar sua acessibilidade, na Internet, a partir da delimitação de uma taxonomia para o domínio do conhecimento tratado.